Skip to content
Voltar

Entenda a importância do código de barras EAN para vender em Marketplaces

código de barras ean
Background Blur

A organização e a identificação dos produtos em marketplaces são ações essenciais para quem deseja otimizar as vendas e as entregas. Com os avanços tecnológicos do mercado, existem inúmeras estratégias que são voltadas para o estoque e para o cadastramento dos produtos, trazendo mais economia e segurança nos processos de venda. 

Uma forma importante para a identificação dos produtos, já bastante popular no mercado, é o Código EAN. Já ouviu falar nesse termo? Ele é amplamente utilizado por marketplaces no Brasil e é exigido em diversos países, ou seja, é um código internacional.

Basicamente, ele serve para identificar individualmente cada produto comercializado, evidenciando suas características e garantindo rastreabilidade. Preparamos este artigo para que você possa entender um pouco mais sobre o Código EAN, sua aplicação e importância. Continue a leitura para se informar um pouco mais!

O que é o Código EAN e quando é utilizado?

O código EAN (European Article Number) foi traduzido para o português como “Numeração Europeia de Artigos”. Ele corresponde a um RG do produto, apresenta uma sequência numérica e barras escanceáveis, que permitem que o comerciante saiba com exatidão qual produto está sendo vendido. 

Por ser utilizado em diversos países, existem algumas exigências em sua utilização. São elas que garantem uma padronização no momento de identificação para venda, que pode ser feita em diferentes mercados.

O código EAN possui variações. Ele apresenta 8 ou 13 caracteres, dependendo do tipo e do tamanho do produto. O código que possui 8 dígitos é utilizado em embalagens menores, por exemplo. Como você deve imaginar, cada uma dessas sequências de números possui um significado. Veja só:

  • 3 primeiros dígitos: indicam o país em que o fabricante está registrado. Ou seja, não é necessariamente de onde o produto é feito (o do Brasil é o 789 ou o 790)
  • 4 a 7 dígitos: identificam o fabricante, mostram a empresa responsável pela produção do produto.
  • 3 a 5 dígitos: o tipo de produto
  • 1 dígito: trata-se do dígito verificador, um item essencial para a segurança da leitura do código.

Um ponto importante é que o código não deve ser usado mais de uma vez. Ou seja, se você pretende vender um produto com especificações diferentes (como, por exemplo, com uma embalagem especial para o dia das mães ou para o dia dos namorados), é necessária a emissão de um novo número. Isso garante maior padronização e evita erros no estoque.

Fique atento às categorias dos produtos e tenha uma postura estratégica no momento de separação dos mesmos. Com isso, você garante mais organização do negócio e compreende, com mais facilidade, os produtos indicados para o perfil de cada cliente.

EAN X UPC: qual a diferença?

Entender as diferenças entre os dois códigos pode ser essencial para a comercialização dos seus produtos no exterior. Como você pôde entender acima, o EAN é um código europeu. Já o UPC é um código utilizado nos Estados Unidos e no Canadá e apresenta 12 dígitos.

O UPC surgiu antes do EAN e ainda que sejam compatíveis, o EAN tornou-se mais popular (até mesmo pelo crescimento do mercado europeu e asiático). Hoje em dia os dois podem ser utilizados ao mesmo tempo pelos comerciantes.

EAN X DUN-14: o que muda?

Também conhecido como código de caixa, o DUN-14 é utilizado em paletes, caixas de transportes e containers. Ele possui basicamente a mesma função do EAN, mas apresenta 14 dígitos e costuma ser colado na parte externa da caixa.

Um ponto importante é que ele permite a leitura de vários produtos ao mesmo tempo, sem que o comerciante precise abrir a caixa para fazer a leitura de cada um dos itens.

Qual é a importância do Código EAN?

Os benefícios da utilização do Código EAN são diversos, eles perpassam por vários processos da venda e garante maior otimização nas entregas. Um exemplo importante é a facilidade na finalização da compra: o processo é automatizado, traz mais segurança para o cliente e para o marketplace.

Ele também facilita a gestão do estoque, já que permite uma expedição simplificada do produto e faz com que a ação do seu colaborador seja mais automatizada. Com o código, você também tem mais controle sobre os produtos e, por meio de uma visão estratégica sobre a logística, consegue identificar o que tem apresentado mais saída ou o que ficou parado em estoque.

Lembre-se que todos esses benefícios também refletem em economia para o negócio, pois traz mais agilidade na venda, ajuda na identificação de produtos próximo ao vencimento e faz com que o planejamento (voltado inclusive para vendas e entregas) se intensifique.

Dentre outros benefícios, podemos citar: 

  • contribuem para um negócio data-driven;
  • facilita a integração com o ERP;
  • agiliza o cadastro de produtos;
  • diminui a possibilidade de trocas e devoluções;
  • são práticos e baratos para a impressão;
  • diminuem as possibilidades de erros;
  • podem ser usados em diversos produtos;
  • auxilia na facilidade de compra por parte do consumidor.

O código EAN é obrigatório nos Marketplaces?

A resposta é não, mas se você possui o interesse em vender seus produtos para o exterior e deseja aumentar a sua presença em Marketplaces, é fundamental que utilize este código. Em muitos cenários, em que os códigos EAN são produzidos pelo fabricante, você precisará se adequar à utilização para a venda correta dos produtos.

Atualmente é praticamente impossível que um negócio não esteja preocupado em se posicionar digitalmente. Por isso, se atentar às exigências do mercado (até mesmo para garantir uma maior fidelização dos clientes e mais segurança dos processos de venda) é algo fundamental.

Perceba que o Código EAN é um aliado do seu negócio, pois ajuda a aumentar as vendas, auxilia na organização e categorização dos produtos e ainda permite que você tenha mais controle sobre suas entregas. É possível imprimir o seu código de forma personalizada ou utilizar a pré-fabricação, mas é importante que saiba que se você é o fabricante do produto, você será o responsável por gerar o código.

E então, conseguiu entender o que é o Código EAN e qual a sua importância? Se você deseja inovar o seu negócio e melhorar as suas vendas, não deixe de entrar em contato com a Simplus! Somos uma empresa de tecnologia, especializada na automação do cadastro completo de produtos e estamos prontos para ajudar o seu negócio neste processo!