Skip to content
Voltar

Como otimizar a gestão em Marketplaces? Confira 5 dicas!

gestão em marketplaces
Background Blur

Otimizar a gestão em marketplaces pode trazer uma experiência mais positiva para seus usuários e resultados mais atrativos para o seu negócio. Para tanto, é interessante investir em diferenciais competitivos no mercado, que vem crescendo continuamente e exigindo que as marcas busquem por alternativas para fisgar a atenção do público.

Além disso, existe a necessidade de analisar os seus números de forma contínua. Dessa forma, há a possibilidade de verificar o que vem dando certo e o que pode ser aperfeiçoado e o que garante a fidelização daqueles que já estão na sua base.

Neste material, apresentamos algumas dicas para otimizar simples e práticas, para que você possa implementar em seu negócio. Boa leitura!

1.Estabeleça regras

Independentemente de qual seja a sua estratégia, é importante estabelecer regras quanto às principais atividades e demandas executadas no marketplace.

A configuração correta de produtos é um exemplo. Quando for lançar um novo item no canal, é importante selecionar a sua estrutura em títulos chamativos, boas descrições, imagens, fichas técnicas, de forma padronizada. Tanto o cliente quanto os profissionais de seu negócio encontrarão um item com mais facilidade, otimizando toda a rotina da equipe e garantindo uma melhor experiência para o público.

Caso haja desatenção nessa etapa, existem os riscos de ocasionar retrabalho, o que impede que o time seja mais estratégico e voltado a resultados.

2.Invista em estratégias para o seu estoque

Em um marketplace, o cuidado com o estoque vai garantir a entrega de seus produtos e o cumprimento de prazos. Entre as principais dicas que contribuem nesse sentido, é importante que a equipe cadastre todos os produtos com códigos de referência para evitar falta de itens estratégicos, além de dar prioridade para uma categorização com qualidade, selecionando os materiais por tipo, cores, tamanho, etc.

Também é indicada a realização periódica do inventário. Isso permite que o time saiba quais e quantos produtos existem no estoque, ajuda na realização de compras mais efetivas — justamente pela análise da disponibilidade de produtos no estoque — , bem como norteia as ações para venda daqueles itens que estejam com pouco fluxo de saída.

Realizar o controle de seu estoque também possibilitará a geração de relatórios para futuras análises. No ano seguinte, você terá a oportunidade de entender como foi o comportamento de compra ao longo dos meses, de modo que a quantidade mínima e máxima de cada produto seja definida mais estrategicamente.

3.Garanta a entrega dos produtos

Para garantir a entrega dos produtos em seu marketplace, o primeiro passo é o de definir qual é o modelo mais eficiente. Hoje, existem variados tipos que podem ser adotados:

  • PAC Correios e entrega econômica de transportadoras;
  • entrega expressa;
  • SEDEX correios;
  • frete fixo, entre outros.

Cabe ao gestor identificar aqueles que melhor se encaixam em sua realidade para garantir mais eficiência nessa operação e melhores resultados para o negócio. Porém, é importante que toda a logística não seja destinada apenas a um fornecedor. Caso haja qualquer tipo de problema, você deve ter um plano B para garantir que o produto chegue até ao consumidor final dentro do prazo pré-estabelecido.

Um dos principais motivos de reclamações de usuários em redes sociais e também em sites próprios para deixarem essas percepções é justamente o atraso do que foi prometido. Isso traz desgaste para a imagem do negócio e influencia negativamente na decisão de compra de outros usuários.

4.Invista em SEO e marketing de conteúdo

Independentemente de qual seja o segmento do negócio, é importante que a marca seja encontrada pelo público. Para isso, investir em técnicas de SEO e marketing de conteúdo é uma excelente estratégia para aumentar o tráfego orgânico e garantir que a sua empresa seja autoridade no assunto em seu ramo de atuação.

O primeiro passo, nesse sentido, é conhecer a sua persona. Trata-se da representação semi fictícia do cliente ideal. A partir desse entendimento, o negócio tem a oportunidade de entender as principais dúvidas de seus potenciais clientes, de elaborar conteúdos voltados especificamente para esse público, além de definir o tom de voz mais adequado para quem usufrui de seus materiais, bem como escolher os canais que eles de fato estão presentes.

Porém, é importante ter atenção às técnicas de SEO. São algumas regras que garantirão que o seu material seja encontrado nos principais canais de busca, trazendo como diferenciais:

  • democratização do acesso a usuários e visitantes;
  • mais tráfego qualificado para o site — ou seja, pessoas que estão interessadas a, de fato, consumirem o produto;
  • aumentar a autoridade de marca;
  • melhorar a taxa de conversão;
  • obter retorno contínuo e a longo prazo, entre outros.

5.Tenha atenção quanto à logística reversa

É comum que ocorra o esquecimento de um ponto fundamental para a satisfação dos clientes: a logística reversa. Precisamos pensar nas múltiplas necessidades que a pessoa terá, desde o fato de não estar em casa no momento da compra, até à necessidade de devolver o produto — de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, a pessoa tem até 7 dias corridos para desistir da compra.

Nesse sentido, é importante que a logística reversa seja bem estruturada e planejada, de modo que o cliente tenha facilidade, sempre que passar por algo parecido.

Novamente, é preciso evitar a insatisfação das pessoas que já estão em sua base para que não influenciem negativamente na decisão de compra de quem ainda não conhece seus produtos e serviços. Também é importante oferecer um SAC bem estruturado, contribuindo para que as pessoas tirem suas dúvidas sempre que necessário e possam contar com um pós atendimento de qualidade.

Neste conteúdo, você pôde entender algumas dicas práticas de gestão em marketplace. Além de todos esses pontos, contar com um fornecedor que vai possibilitar a atualização de informações de cadastro e imagens de forma completa e acurada, garantir mais velocidade na atualização de produtos e trazer enriquecimento de informações para melhor experiência de consumo.

E então, gostou das dicas para a melhoria da gestão em marketplaces? Se você deseja garantir esses benefícios, entre em contato com a gente, converse com nossos profissionais e tire suas dúvidas!